Velha Guarda da Coloninha

E assim um sonho se realiza!

Lá no gueto, onde o povo está

Onde sinto que é meu lugar

Na minha escola querida

Na Velha Guarda da Coloninha

Desde criança sou Coloninha

Na Bateria desde o início do milênio

Com a minha cuíca sempre feliz

Tocando nessa escola que tem raiz

Não consegui me segurar

E os olhos a lacrimejar

De tanta emoção

Na minha escola do coração

O sentimento é de grande felicidade

E de imensa gratidão

Salve Salve às nossas Velhas Guardas!

Salve o Povo do Samba!

Viva a Cultura Popular!

Foto: Joaquim Corrêa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s