RUPTURA!

A decisão foi difícil e dolorosa. Por anos a Central foi um sonho, de ver a capoeiragem unida e politizada, mesmo sentindo muitas vezes que era um sonho só meu.

A falta de participação dos capoeiristas fez com que a Central perdesse o seu sentido!

Romper!

Ter que abrir mão de um projeto coletivo para não perder os amigos…

Não desisti da luta, apenas preciso mudar as minhas estratégias.

A luta só é válida quando temos prazer. Com sofrimento não vale a pena!

“Iê eu vou embora… Iê pela estrada a fora…”

Josinha

Anúncios

Declaração

Camaradas:

Declaro que a partir de hoje, não faço mais parte da Central Catarinense de Capoeira Angola.

Será convocada em breve uma Assembleia Geral para a eleição de uma nova diretoria.

Não sou mais responsável pelas atividades e eventos realizados pela referida entidade.

 Ilha de Santa Catarina, 28 de abril de 2011

 Jô Capoeira

Intolerância

Tento entender o porquê de tantos conflitos por causas religiosas, étnicas, raciais, políticas, econômicas, etc.

Só posso concluir que a origem disso tudo  se deve a um sentimento humano:  INTOLERÂNCIA!!!

Na Capoeira não poderia ser diferente, já que está inserida neste universo.

Fico a sonhar como seria bom se na Capoeira esse sentimento não existisse…

Que o egocentrismo de que meu grupo, meu estilo de capoeira é o melhor, fosse deixado de lado.

Se os capoeiristas que lutam pela liberdade aceitassem as diferenças, seriam mais tolerantes. Assim nossa Capoeira poderia ser um forte instrumento de construção de um mundo melhor!

Sonho Realizado!

Lembra dos sonhos de quando fomos adolescentes? Eu finalmente consegui realizar um deles. Poder ver o U2 ao vivo foi a realização de um grande sonho!

Esta banda me acompanha desde que surgiu, há muitos anos!

O U2 não é simplesmente uma banda de rock, ela é uma chama acesa de um idealismo, da esperança de um mundo melhor!

Bono é um exemplo de militância política e da música ser um poderoso instrumento de transformação.

A emoção de estar no show é indescritível. A energia de 90 mil pessoas em uma só sintonia… Lágrimas nos olhos, arrepio da pele…

Todo o sacrifício da viagem valeu a pena… faria tudo novamente.

O maior show da minha vida! Inesquecível!

Morumbi. Dia 10 de abril de 2011.