Rádio Iê Mané

Roda Convivência UFSC. Ano: 1988. Acervo: Contramestre Alemão

Rádio Iê Mané

Registro e divulgação dos áudios de rodas e eventos da Capoeira Angola Palmares, com a presença de grandes mestres que deixaram suas marcas na Ilha de Santa Catarina.

Iê Viva os Mestres!

Anúncios

Exposição Memórias Periféricas da Capoeira Angola de Salvador: o acervo pessoal de Mestre Nô

A Exposição Memórias Periféricas da Capoeira Angola de Salvador: o acervo pessoal de Mestre Nô, possibilita conhecer a história da capoeira da periferia de Salvador a partir da década de 60. Uma parte deixada de lado e ainda por contar, inserida na necessidade de preservar, difundir e salvaguardar uma das suas memórias. O acervo contém um pouco dos registros que o Mestre fez durante sua vida dedicada à Capoeira Angola, dos aspectos filosóficos, aos fundamentos do jogo e da ética, aos toques de berimbau. Os registros mostram modos de ensino e a compreensão da capoeira como possibilidade de formação cultural para além dos limites da roda, uma formação para a vida. São relíquias de uma história. Com apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Centro de Culturas Populares e Identitárias e Secretaria de Cultura da Bahia.

Exposição em Florianópolis:

De 25 à 30 de setembro no Casarão da Alfândega – Centro.

Visitação de terça à sábado das 9:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00.

Abertura: Dia 25 de Setembro às 18:00 no Casarão da Alfândega – Centro.

Mostra do Documentário: Memórias Periféricas da Capoeira Angola de Salvador: o acervo pessoal de Mestre Nô.

Palestra: O Acervo e a Capoeira Angola da Periferia de Salvador com Mestre Nô e Professor Desenho.

 

Mais Informações: memoriasperifericasfloripa@gmail.com

APOIO: IPHAN SANTA CATARINA

cartaz floripa

Documentário Nego Bom de Pulo

12115508_671449539658750_3905357037809266137_n

Para quem ainda não viu ou quer ver de novo!!!

Sessão Especial do Documentário Nego Bom de Pulo – Mestre Nô e a Capoeira da Ilha com a ilustre presença de Mestre Nô.
Cineclube Cinema Unisul – Centro Integrado de Cultura – CIC
Dias 16 e 18 de outubro às 20:oo
Entrada Gratuita.

Sinopse:

A História não para. A Capoeira, manifestação de resistência cultural (e física) afro brasileira faz parte da história do Brasil e de Florianópolis. Movimento contínuo. Atravessou dois séculos, escondida nos guetos, terreiros e quintais, proibida de ser praticada. Atualmente, mesmo sendo Patrimônio Imaterial Cultural do Brasil e do Mundo, permanece marginalizada.

O Documentário, “Nego Bom de Pulo”, nos movimenta pelo tempo e pelo espaço. Registra a cidade de Florianópolis no século passado, décadas de 1980 e 1990 pelo olhar de quem faz da capoeira oficio e vida.

Apresenta a vida de Mestre Nô, baiano de Itaparica, e sua trajetória para o sul do Brasil, a caminhada do homem que é capoeira na roda e na vida. Revela o pensamento e o trabalho de toda uma geração de jovens capoeiras que se tornaram responsáveis pela valorização dos velhos mestres e seus fundamentos e pela formação de uma identidade chamada de Capoeira da Ilha.

Na tela a luz mais forte é para esses jogadores, capoeiras, que vindos de distintos lugares forjaram na cidade de Florianópolis, nas suas ruas, praças praias e mercado uma capoeira resistente, maliciosa, com combatividade e fundamento.

Kiko Knabben