Intolerância

Tento entender o porquê de tantos conflitos por causas religiosas, étnicas, raciais, políticas, econômicas, etc.

Só posso concluir que a origem disso tudo  se deve a um sentimento humano:  INTOLERÂNCIA!!!

Na Capoeira não poderia ser diferente, já que está inserida neste universo.

Fico a sonhar como seria bom se na Capoeira esse sentimento não existisse…

Que o egocentrismo de que meu grupo, meu estilo de capoeira é o melhor, fosse deixado de lado.

Se os capoeiristas que lutam pela liberdade aceitassem as diferenças, seriam mais tolerantes. Assim nossa Capoeira poderia ser um forte instrumento de construção de um mundo melhor!

Anúncios

Um pensamento sobre “Intolerância

  1. Portanto somos algozes de nossa própria realidade. Daí as conseqüências socias, econômicas e ambientais que vivemos. A sociedade do ponto de vista humanitário é extremamente atrasada, pois continuamos a reproduzir a mesma realidade que nossos ancestrais, como as guerras, os assassinatos e roubos. As formas de governos perversos se mantêm, basta olhar a mídia.

    Cada sociedade está conectada ao seu próprio tempo e com ela sua própria história. As ações dos homens através do tempo, trouxeram um enorme peso para as gerações atuais, que se mantêm presas às heranças culturais que lhes foram legadas, tais como forma de organização política e de governo, através de métodos econômicos e religiosos, além de costumes e tradições que nem sempre são humanitários, ao contrário, fomentam as contradições e a permanência destes valores presentes na sociedade como sendo valores de prestigio, mantendo com isso o atraso humanitário.

    Existem sempre dois lados da realidade histórica. De um lado estão os algozes da história e de outro aqueles que foram vítimas no processo histórico. O atraso se dá pela manutenção de múltiplos regimes políticos existentes e outros que foram instintos, como o escravismo, o feudalismo e os ainda presentes, como a monarquia, o sultanismo, o caciquismo, imperialismo, o parlamentarismo, e o presidencialismo etc. Portanto, estes regimes são organizações políticas e de governo que mantém a desumanidade, como o atual momento histórico nos mostra.

    Portanto, devemos repensar a historia, devemos repensar a ciência e as culturas políticas e os métodos econômicos, devemos repensar os conceitos radicais impostos por religiões imperialistas que mantém os objetivos hegemônicos que é abraçar o mundo em nome da salvação dos homens. Para tanto, justificam a miséria humana como desígnio divino. Devemos nos pensar enquanto seres humanos e o nosso papel histórico. Somos todos sujeitos da história. Ou avançamos para uma civilização humana mais fraterna e solidária ou permaneceremos na reprodução das barbáries que foram cometidas por nossos antepassados através dos tempos. E que continuamos a cometer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s