A volta de Zumbi de Carlos de Assumpção

Quando Zumbi voltar

Com a lança na mão

Vai botar pra correr

Esse povo engravatado

Arrogante e valentão

Que se julga dono exclusivo

De tudo aqui

Que humilha e discrimina

Negro índio e branco pobre

E ainda tem muito mais

Quando Zumbi voltar

Com a lança na mão

Vai botar pra correr

Esse povo desonesto

Desonesto e mau

Que abusando do poder

Na maior cara de pau

Arromba o cofre da nação

E esconde em gavetas secretas

Em paraísos fiscais

Fortuna incalculável

Que tanta falta nos faz

Quando Zumbi voltar

Com a lança na mão

Esse povo da justiça

De Zumbi não escapa não

Carlos de Assumpção

Foto: Jô Capoeira, 2011.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s