30 Anos de Capoeiragem!

Já se passaram 30 anos, mas parece que foi ontem que cheguei no antigo Ginásio de Alumínio do Centro de Desportos da UFSC, para ter aulas de capoeira com o Contramestre Alemão.

O tempo devora, mas sinto-me uma iniciante, muito para aprender…

A vontade sempre foi de estar presente em todas as rodas, de dar a volta ao mundo capoeirando… Não foi possível. Neste tempo, tive que me levantar de muitas rasteiras nas rodas e na vida. O desafio maior foi e é conciliar o tempo de ser mulher, mãe, professora e ainda ser uma Capoeira.

O que de mais precioso levo da capoeiragem são as amizades que fiz. Já falei disso e reafirmo. São muit@s @s camaradas que deixaram suas marcas em minha vida, uns longe, outr@s presentes no meu cotidiano… não tenho como citar seus nomes.

Alemão por ter me iniciado na arte e me dar o sentido de ser uma Capoeira.

Ao Mestre Nô, pela sua vida dedicada a arte.

Pedro e Helena, filho e filha por compreender minhas ausências.

Minha mãe Maria.

Ao Neto por sempre me apoiar e respeitar minha vida na capoeiragem.

Meu sentimento é de profunda gratidão…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s